a nOw aMe n t e

T O D O S O U O UM : OM E S M O U T R O

Mês: dezembro, 2014

Sinuosa, Nebulosa e Escorregadia Travessia

CIMG0812

existe uma diferença primordial,

entre uma atitude boa e ruim,

que faz bem ou mal…

é que uma causa medo,

e a outra inspira respeito.

Sempre Hoje

Sem título

façamos da nossa vida,
uma mensagem de boas vindas,
  e não de despedidas.

Novos Tempos, Rumo ao Intemporal

bear_animal_totem

a fronteira entre o possível e impossível,
é o visível e invisível espaço-tempo.
revelar e realizar o segredo é o desafio,
deste ser eterno, mutante, infinito.

Ser tocado por um Ser

IMG_3743

o puro olhar, espontâneo sorrir.
o gesto simples, abraço de urso.
o beijo delicado, coração limpo.
o presente presente, sagrada criança.

ver)a)cidade)interior

f27a8e0e8b7e35e12908bdc4e8362794

o lobo solitário…

aprende com a própria experiência,

a sabedoria do silêncio e do canto,

da observação, enfrentamento e preservação.

símbolo de lealdade,

sabe que liberdade significa equilíbrio

entre dependência e independência,

entre resistência e flexibilidade.

o lobo é solidário…

ensina o que aprende,

sobre o amor, superação e fraternidade.

no mundo selvagem…

há espaço para brincar,

e a família tem o seu valor,

há espaço para a viagem interior,

e para a responsabilidade.

atravessa todas as estações,

para atingir a maturidade.

Sábio é eterno aprendiz

ol

já diziam que o sábio se cala…

não se mantém calado,

trancafiando os pensamentos, julgamentos…

para se esconder dos reflexos do espelho.

o aprendiz está aberto ao diálogo,

se descobre ao escutar o outro,

e revela-se assumindo, expondo o que não é do outro.

o fácil é fácil, o difícil é auto)superável.

 

Do fel ao léu – A fé e o fiel

c

mágoa é o véu, perdão é o mel.

ódio é o réu, compaixão é o céu.

Verdades do Absoluto

ar

mentir para si mesmo é o que mais fazemos.
desmentir nós mesmos é para o que viemos.

‘Vermdelho’ Ego

sinal

quem viaja essa estrada por muito tempo,

cruzando sob sinais amarelos…

torna-se daltônico, desfazendo-se dos elos,

sem princípios e fins, num constante fim,

ignorando o precioso tempo, ‘vermdelho’ ego.

Amigo é coisa pra se ouvir

mãos

quando alguém que respeitamos nos criticar,

nem sempre é para cobrar,

ou para apontar o culpado,

mas para lembrar aquele que é o responsável.