0 N 0 W 0

EM PAZ. POR AMOR. TUDO ACABA DE ACONTECER.

Mês: junho, 2019

“Minha alma me leva para o deserto…” – CG Jung

Imagem relacionada

“Minha alma me leva para o deserto, para o deserto de mim mesmo.

Eu não acho que minha alma seja um deserto, um deserto árido e quente, empoeirado e sem bebida.

A jornada leva através da areia quente, vagarosamente sem um objetivo visível para esperar?

Que estranho é esse deserto. Parece-me que o caminho leva tão longe da humanidade.

Eu faço o meu caminho passo a passo, e não sei quanto tempo minha jornada vai durar.

Por que meu eu é um deserto?

Eu vivi muito fora de mim em homens e eventos?

Por que me evitei? Eu não era querido para mim mesmo?

Mas eu evitei o lugar da minha alma.

Eu era meus pensamentos, depois que eu não era mais eventos e outros homens.

Mas eu não fui eu mesmo, confrontado com meus pensamentos.

Eu também deveria me erguer acima dos meus pensamentos para mim mesmo.

Minha jornada vai até lá, e é por isso que ela leva os homens e os eventos à solidão.

É solidão estar com você mesmo? A solidão é verdadeira somente quando o eu é um deserto.”

 

Carl Gustav Jung – Livro Vermelho.

Fonte: JungCurrents.com

Anúncios

Deixa vir. Deixa ir.

“A vida (o caminho) é como pisar num rio…”

Imagem relacionada

Gratidão pelas perdas.

Gratidão pelos ganhos.

Nada temos, um todo somos.

 

Legitimamente… Mutuamente…

“A experiência é luz.”

“Pratica o que se predica.”

17 – A Esperança

Ser paciente.

Ser sereno.

O sendo.

 

“Uns homens pedem sinais para crer e outros pedem sabedoria para obrar, mas o coração esperançoso tem tudo em suas esperanças.”

“A magia da fé cria a tudo”. Fé naquilo que tu és.

 

* Imagem: Tarô Egípcio: Arcano 17 – A Esperança (A Estrela da Esperança)

Vendo. Provendo.

Na ponte… deserto… caminho…

Imagem relacionada

“Como é que se pode provar a verdade?”

“Prove. Provando-se.”

 

A ponte… Entre o que se procura e o que se encontra é… O caminho… Deserto caminho…

 

“Eros e Psique” – Fernando Pessoa

Imagem relacionada

Eros e Psique

“Conta a lenda que dormia
Uma Princesa encantada
A quem só despertaria
Um Infante, que viria
De além do muro da estrada.

Ele tinha que, tentado,
Vencer o mal e o bem,
Antes que, já libertado,
Deixasse o caminho errado
Por o que à Princesa vem.

A Princesa Adormecida,
Se espera, dormindo espera,
Sonha em morte a sua vida,
E orna-lhe a fronte esquecida,
Verde, uma grinalda de hera.

Longe o Infante, esforçado,
Sem saber que intuito tem,
Rompe o caminho fadado,
Ele dela é ignorado,
Ela para ele é ninguém.

Mas cada um cumpre o Destino
Ela dormindo encantada,
Ele buscando-a sem tino
Pelo processo divino
Que faz existir a estrada.

E, se bem que seja obscuro
Tudo pela estrada fora,
E falso, ele vem seguro,
E vencendo estrada e muro,
Chega onde em sono ela mora,

E, inda tonto do que houvera,
À cabeça, em maresia,
Ergue a mão, e encontra hera,
E vê que ele mesmo era
A Princesa que dormia.”

“O Encoberto” – Fernando Pessoa

Pegue o caminho… Desapegando do caminho.

Resultado de imagem para rosa na cruz

“Que símbolo fecundo

Vem na aurora ansiosa?

Na Cruz Morta do Mundo

A Vida, que é a Rosa.

*

Que símbolo divino

Traz o dia já visto?

Na Cruz, que é o Destino,

A Rosa, que é o Cristo.

*

Que símbolo final

Mostra o sol já desperto?

Na Cruz morta e fatal

A Rosa do Encoberto.”

 

Por fora montanha rochosa, por dentro caverna cristalina.

Silêncio são. Salva ação.

“Na humildade está a Grandeza e na Grandeza está o ser humilde.”

76 - O Dispensador

Misericórdia… por minha própria miséria…

Misericórdia… para que eu compreenda a miséria em mim…

Misericórdia… e assim compreendo a miséria humana…

 

“Saber aprender para ensinar e saber ensinar para aprender”. Saber entregar-se de coração em cada ação… É Amando que se recebe Amor…

 

* Imagem: Tarô Egípcio: Arcano 76 – O Dispensador (O Provedor)

laço ∞ contínuo

“UNIVERSE : U-INVERSE”

20190626_095651

NEW

:

NOW

.

ONE

:

NEO

Conto Zen: Chuva

Num dia chuvoso, quando estava sentado com um discípulo no salão do templo e ouvindo as gotas d’água batendo suavemente no telhado e no pátio, o mestre Jing-qing perguntou ao outro monge:

“Que som é aquele lá fora?”

“É a chuva,” respondeu o monge. O mestre disse:

“Ao buscar fora de si mesmos alguma coisa, todos os seres se confundem com os significados.”

“Então,” replicou o discípulo, “como deveria eu me sentir em relação ao que percebo, Mestre?”

O sábio apenas disse:

“Eu sou o barulho da chuva.”

 

* O que nos diferencia de outros animais… é a tal consciência de si mesmo… o que nos possibilita conhecermos a natureza, pelo viés do individual, e possibilita realizarmos a transcendência, a autotransformação e o retorno ao original… mas ainda assim, inevitavelmente, sob os véus da ilusão (da separação, do dual)… que nos impede de percebermos a nossa natureza primordial, holística, não-dual, una.

Corpo Cruz. Rosa Alma.

Do jardim em si… Brotar e desabrochar… Crescendo e florescendo até exalar… O perfume essencial…

Resultado de imagem para rosa na alma rosae crucis

SOAR

ROSA

:

ROSA

SARO