a n➐w ame n t e

T O D O S O U ♾ UM : OM E S M O U T R O

Mês: outubro, 2015

Ser em Si

zen

ser pura presença…

no presente momento,

é fundir-se ao silêncio,

que nos torna inteiros,

num instante de infinita paz.

Anúncios

Olhar e se Ver

fé, a prática de Ser o que se É

wolf

Quem desiste, nega que Existe

lobo

“eu admito, errei de novo… e agora?”

agora, é nova oportunidade de vivenciar…

com mais experiência para continuar,

a encontrar-se no presente.

Ser Luz (não é fácil, é possível)

luz

microcosmo e macrocosmo,

relacionam-se como um só organismo.

não há dualidade, há fronteiras,

esta separação é ilusória,

todos somos um (todo)…

assim sendo,

nós enquanto micro,

criamos a própria realidade…

e o macro ‘reage’ ao nosso estado vibracional,

(e vice-versa).

o macro não puni ou recompensa,

responde ao verdadeiro sinal que emitimos.

esta relação pura e legítima chama-se amor.

Será que as pessoas querem mesmo Despertar?

Existe o Desperto, o Inquieto e o Adormecido.

O Inquieto (curioso) quer Despertar

Observa, questiona, percebe o Desperto.

Já o Desperto, por estar consciente de si

É sinalizador para os Inquietos e Adormecidos.

O Adormecido, em sono profundo

Precisa sair do raso (sem fundo)

Para tornar-se Inquieto.

O Inquieto, por estar no processo

Por vezes, esquece o Desperto

E provoca o Adormecido

Porém, pouco surte efeito.

O Adormecido quer ficar onde está

Em sua sonolência habitual (gravitacional).

Os Adormecidos são maioria

E sempre foram?

E sem os raros Despertos haveriam Inquietos?

Há também o Inquieto acomodado na inquietude

Porque esquece ou desiste do Despertar

Ou alimenta-se do jogo “Inquietos X Adormecidos”.

Independentemente de tudo e de todos,

O Adormecido julga saber pelo simples fato de crer.

Tornar-se Inquieto é essencial para

Aprender a Aprender

Aprender a Fazer

E Aprender a Conviver.

O Despertar é para poucos

Porque poucos tem, ao mesmo tempo

Coragem, Paciência e Humildade

Para viver em estado de Fé

E Aprender a Ser (Aquele que É).

E há momentos em que ficamos Despertos

Mas permanecer Desperto

É desafio daquele que reconhece a Verdade

(A Presença do momento Presente).

E quando o Discípulo está pronto, quem é o Mestre?

Aqui Agora Sou É

namaste

tomar consciência de si…

a experiência direta, intuitiva,

tornar consciente a realidade, a verdade,

eis o encontro com ‘deus’ em ti.

Rumo à Novos Paradigmas ou Compreensão do Mito

ceia

a vida, a história da humanidade se apresenta em ciclos…

já vivemos diferentes e similares mitos,

a cada era, em diversas culturas isto é perceptível.

estamos em tempo de transição,

a compreensão do mito cristão…

rumo à novos paradigmas,

numa estelar conexão.

Voando à fonte, sendo fonte

beija

findar é recomeçar,

recomeçar é eternizar.

Se Propor & Pôr-se

somos nus,

estamos vestidos,

desnudar-se é o desafio.

amor é princípio…

fim e recomeço,

amar é o meio.

O Todo é Possível

zen

estar certo, integrando ao incerto…

a inocência não mais da infância,

aceitando a vida em sua eterna mudança,

a confiança na vida plenamente vivida…

encontrando-se na sabedoria.