Saber de Cor… de Coruja.

por EM SI: LUGAR DE GRAÇA

Olhos de coruja
Vendo na escuridão
Sombria sabedoria…

Olha e vê, não dá para esconder
Mas ainda por um tempo debaixo do tapete
Não mais debaixo dos escombros
Bate nos ombros, tira o pó
O vivo é durante, antes e pós…

 

* Inspirado na poesia Vida de pó de Cristileine Leão – Blog Depressão com Poesia.

Anúncios